O Que Eu Ando Vendo #2


O "O Que Eu Ando Vendo " de hoje traz para vocês uma série bem interessante (até agora).
Estou falando de The 100. 

Mais uma série indicada por minha amiga Karen (beijo amiga!). E como ela é uma boa vendedora de séries, eu amei e já faz parte da minha lista.

The 100 é uma série nova, estreou em 2014 pelo canal CW (o mesmo de TVD) e está renovada para terceira temporada. Eu, porém, acabei de começar a primeira temporada que conta com 13 episódios. 

Mas, então, do que se trata THE 100? Confere a sinopse!

Quando uma guerra nuclear destruiu a civilização e o planeta Terra, os únicos sobreviventes foram 400 pessoas que estavam em 12 estações espaciais em órbita. 97 anos e três gerações depois, a população já contava com 4 mil pessoas, mas os recursos já estão escassos. Para garantir o futuro, um grupo de cem jovens é enviado à superfície da Terra para descobrir se ela está habitável. Com a sobrevivência da raça humana em suas mãos, estes jovens precisam superar suas diferenças e unir forças para cruzar juntos o seu caminho. 

Em The 100, os sobreviventes vivem na estação espacial chamada "Arca". A Arca é composta pelas estações espaciais que anteriormente representavam as nações do Reino Unido, EUA, Austrália, Brasil, Canadá, China, Japão, Índia, Venezuela e outras.. Nela, cerca de 2,400 pessoas vivem sob a liderança do Chanceler Jaha. (ele é tipo um presidente). Os recursos são escassos e todos os crimes, não importando sua natureza ou gravidade, são puníveis com a morte por ejeção ao vácuo ("flutuante"). Só os menores de 18 anos são poupados da morte, no entanto, são mantidos prisioneiros na ala de celas da Arca. 
Depois de 97 anos,  os sistemas de suporte de vida da Arca estão falhando, e como uma tentativa de sobrevivência e para poupar suprimentos, são escolhidos 100 prisioneiros juvenis para serem enviados a Terra. 


Esses 100 são declarados "dispensáveis", são a última tentativa de determinar se a Terra é habitável novamente, e com isso, enviar informações sobre o planeta a fim de fazer com que os habitantes da Arca voltem a Terra. Eles fazem parte do projeto "Os 100", do qual a série recebe o nome. 
Os 100 adolescentes chegam em um belo planeta que eles só têm visto do espaço. Eles deveriam ter encontrado refúgio e suprimentos em uma antiga instalação militar, mas aterrissaram um pouco distantes dela. 
Como bons meliantes, eles começam a retirar uns braceletes que os mantem ligados com a Arca e enviam monitoramento fisiológico para a estação. O objetivo é que a Arca pense que eles estão mortos por conta da radiação e com isso, impedir que os "arceanos" voltem a terra.


Sem alimento ou abrigo eles irão ter que lutar contra os perigos deste mundo novo. No entanto, eles descobrem que nem toda a humanidade foi exterminada.
A série é bem criativa e mostra alguns efeitos que a radiação disseminada pela guerra causou nos seres vivos que voltaram a se restabelecer. 
Confesso que tem um "Q" de Lost em The 100 mas isso não chega a ser comparativo para o lado mau na série. Deixa um ar de suspense e as vezes você se pega assustado em algumas cenas. Também resisti um pouco por ser uma série da The CW (like TVD, kkk), mas me surpreendeu. É uma série legal e diferente.


A série também é baseada em um livro homônimo, o primeiro de uma série de Kass Morgan, e desenvolvida por Jason Rothenberg. Nunca tinha me interessado pelo livro, depois da série, confesso que fiquei com vontade.
Para quem gosta deste tipo de série, The 100 é um belo mundo ou espaço distópico onde o vilão, somos nós mesmos!  

Dá uma espiadinha no teaser e vê se gosta. Espero que sim.






Pensando e filosofando....

"A natureza por si se restabelece. Já os humanos, mesmo tendo vivido por 100 anos sem colocar a cara no sol, volta a querer comandar como visitante novamente."




Share this:

, , , , , , ,

COMENTÁRIOS

10 comentários:

  1. The 100 é um pacote completo pra quem é fã das distopias e franchises distópicas atuais. Já foi muito comparado a Lost e The Hunger Games no começo pela mídia, mas conseguiu rapidamente mostrar a que veio, sem a sombra negativa das comparações.

    Tem um roteiro rápido, instigante; possui uma protagonista feminina, que na minha humilde opinião, vem a ser a melhor personagem da CW atualmente. Confesso que minha relação com o canal já vem desgastada, passando por Supernatural, The Vampire Diaries à Reign, onde acabaram em um "mais do mesmo", sempre andando em círculos pela audiência.

    Aliás, voltando às mulheres de The 100, são ótimos exemplos da base da série, visto que é um show teen, passando em um canal teen, o que me deixou interessada no material original de Kass Morgan. Ótimo roteiro, fotografia e elenco, ótimos suspenses e mistérios. Quem estiver procurando um scifi jovem é uma pedida. :)

    :dances:

    Hahahaha, eu sei que já vendi outras séries pra você, mas nunca pensei que iria ser tão fácil como foi The 100, e olha que nem foi proposital :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigaa, que comentário ESPETACULAR!! Já é complementação do post. Lê aí, galera. Se faltou algo, tá tudo aqui!! Amei, ameii.
      Pois é amiga, The CW estava precisando me impressionar e conseguiu.
      E foi mega fácil, né? Foi pq chamou muito a atenção o tema.
      Beijos e é sempre bom tê-la por aqui <3

      Excluir
  2. Quero muito assistir The 100, muitas pessoas que eu acompanho assistem e tem só elogios pra fazer a respeito dessa série. Mas quero ler o livro antes, porque sempre fico com a sensação de que deveria ter lido primeiro hahaha. Vou aproveitar pra adiantar algumas séries que estou atrasada pra que dê tempo de ler o livro.

    Beijos,
    Bia.

    www.nasuaestanteblog.blogspot.com | @NaSuaEstante_

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia!
      Então, menina. Eu não queria ver. Achava que seria mais uma teen da The CW. Me enganei completamente. Estou no início da S1 e já amando.
      Também quero ler o livro. Mas agora, não dá para parar e ler antes de terminar. Sabes como é, né? kkkkkk

      Excluir
  3. Olá,
    Eu não cheguei a ver o seriado todo, só o piloto, mas gostei muito, ele tem um plot muito bom e que pode gerar muitas temporadas. Entretanto confesso que o livro em si não me agradou.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, particularmente, estou gostando bastante, Inês!
      Sério que o livro não é lá essas coisas?
      Ainda bem que não é minha prioridade no momento. Quero mesmo é terminar a série e aguardar o retorno na 3ª temporada.
      Beijos.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Só li críticas maravilhosas sobre essa série, e pelo que me disseram, é adaptada de um livro (também muito bem falado). Espero um dia poder ler, ou assistir, já que pelo gênero do livro/série, me interessei. Amei o post. <3 Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Opa já estava interessada, agora ainda mais. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Estou a um bom tempo ensaiando para assistir essa série... fiquei com medo de me decepcionar...
    Até o momento ninguém tinha me inspirado a ver, confesso que seu post fez isso rs
    Já que estou com várias series em férias rs, vou tentar iniciar essa ;)
    Beijos
    Dri

    ResponderExcluir