Cidades de Papel - Livro e Filme

Olá!

Post meio atrasado em relação a divulgação do trailer do filme Cidades de Papel, mas, vamos lá.


Nesta última quinta feira (19), Cidades de Papel teve seu primeiro trailer divulgado. Adaptação do livro do autor best-seller John Green, muito conhecido por A Culpa é das Estrelas, que aliás, foi o filme mais assistido do Brasil no ano de 2014.  
Cidades de Papel é um romance concentrado em Quentin um garoto fissurado pela sua vizinha Margo, garota que todos os meninos sonham em ter do lado. Mas a Margo não é uma garota tão exemplar assim.



Confere a sinopse do livro




Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita.  Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.

 Assim, eu ODIEI esse livro, odiei os personagens, odiei tudo, ou quase tudo. Gostei da capa. Acho que todos temos o direito de gostar ou não das coisas, então, não me julguem, Ok?!
Mas para mim, não rolou. Li super rápido, mas foi porque eu queria terminar mesmo. Não porque estava sendo uma boa leitura. 
Não nego para ninguém e ainda dissemino o ódio pela história toda. Sou acostumada a ler livros do mesmo gênero, mas esse realmente não suporto, assim como Quem é Você, Alasca? e por fim, O Teorema Katherine, esse é o que eu odeio menos. 
Eu realmente só gosto do A Culpa é das Estrelas, e acho que o John Verde só decolou na carreira por causa da história da Hazel e do Gus mesmo. E tem quem ainda não goste nem desse. O queridinho. Fazer o quê?! 

A história toda com o Quentin correndo atrás da Margo, tentando descobrir onde ela foi parar.. Nossa chato demais. E o final? Muito pior. Pensei que o final iria salvar o livro todo, mas.... NÃO!


Acho que é a primeira vez que aposto que o filme será melhor que o livro. Ironia, não?
Primeiro, vamos conferir o trailer, vai o dublado mesmo liberado pela Fox Filme do Brasil.



O filme é baseado no romance do John Green e tem uma face conhecida que é o Nat Wolff que será o Quentin (Quem lembra dele? foi o Isaac no A Culpa é das Estrelas) e a Cara Delevingne (Margo), que para quem não sabe, ou não lembra, ela é uma artista bem versátil, podemos assim dizer, kkkkkk. Ela é uma super e badalada top model britânica e o rosto da marca famosíssima e cara, Burberry, por exemplo. Cara Delevingne é também cantora (link para vê-la cantando, ela canta bem, viu? arrasa. Ao menos é o tipo de voz que eu aprecio. Como se eu fosse entendida de música, kkkkk) E claro como a luz do dia, atriz! 

O filme terá direção de Jake Schreier. Não conheço, alguém sabe um filme que ele já dirigiu? Não? nem eu, kkkk. Mas pelo trailer parece que ele seguiu direitinho as coisas.

Dá uma olhadinha nas fotos das cenas








 Awww, estão fofos, né? Vou dar um crédito.

Cidades de Papel tem estreia marcada para o dia 16 de julho de 2015 nos cinemas brasileiros.

Beijos, Aline Julião :)

Share this:

, , , , , , , ,

COMENTÁRIOS

6 comentários:

  1. Oii, eu ainda não li o livro, já ouvi muita coisa sobre ele: ruim, ótimo, perfeito mas nunca tinha visto uma pessoas assim tão revoltada! Kkkkk
    Eu estou muito ansiosa para o filme!!
    Mesmo assim ainda tenho vontade de ler :)
    Beijo

    Primaveraagridoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é aquele tipo que ou as pessoas amam ou não gostam. Mas leia. A quantidade dos que gostaram são bem superiores aos que não gostaram, kkkkkk. É igual a comida, só vai saber se experimentar
      Bjs. :*

      Excluir
  2. Oi Aline!
    Ok, sem julgamento de minha parte, rsrs. Eu li todos os livros do John e não tem nenhum que eu não goste. Cidades de Papel, inclusive, reli em inglês há pouco tempo para me preparar para o filme. Quem sabe assistir a história mude a sua impressão e você possa vir a gostar dos personagens e até do livro?
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela parte ( sem julgamentos, kkkkk) Pois é, o caso é complicado. Eu fui lendo, lendo... vai, na próxima página vai ficar bom.. e assim terminei e fiquei com essa péssima impressão.
      Estou apostando no filme. Gostei muito do trailer.
      Beijos :*

      Excluir
  3. Esse livro é minha leitura atual, e eu estou amando! hehe
    Gy | desejandolivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro ou vc ama ou vc odeia. No meu caso é ódio mesmo.
      Não acontece NADA! Desculpa.
      Mas é o meu sentimento por ele. O John falou que o filme é melhor que o livro. Quem sou eu pra discordar? Kkkkkkk
      Beijos

      Excluir